MAI abre inquérito aos acontecimentos no Famalicão-Sporting e chama PSP e GNR

0
27

O ministro da Administração Interna mandou abrir um inquérito urgente aos acontecimentos relacionados com o jogo de futebol Famalicão-Sporting, e convocou para domingo uma reunião com os responsáveis máximos da PSP e GNR.

O ministro, José Luís Carneiro, determinou a abertura de um inquérito urgente, por parte da Inspeção Geral da Administração Interna (IGAI), aos acontecimentos que respeitam ao policiamento, pela PSP, do jogo Famalicão – Sporting, da Primeira Liga de futebol, “em especial dos que se reportam a generalizadas e súbitas baixas médicas apresentadas por polícias”.

A informação do Ministério, divulgada esta noite, surge na sequência do adiamento do encontro Famalicão-Sporting, depois de os responsáveis concluírem que não existiam condições de segurança.

A Direção Nacional da PSP explicou que houve um número anormal de agentes com baixa médica, pelo que o jogo teve de ser adiado.

A PSP adianta que, “antes do início do policiamento ao evento, um número não habitual de polícias informaram que se encontravam doentes, comunicando baixa médica”.

“A PSP prontamente acionou meios policiais de outras unidades de polícia, meios esses que também vieram a comunicar situações de indisposição, com deslocação para unidades hospitalares”, lê-se num comunicado da força de segurança.

No comunicado do Ministério desta noite informa-se também que o ministro determinou à IGAI a abertura de um inquérito sobre declarações de um responsável sindical relativas à atividade da PSP no contexto dos próximos atos eleitorais, nomeadamente a possibilidade de estar em causa o transporte de urnas de votos.

Numa entrevista à estação televisiva SIC Notícias o presidente do Sindicato Nacional da Polícia disse que não só os jogos de futebol estão em risco como também podem estar as eleições legislativas, porque são os polícias que transportam as urnas de voto.

Forças da PSP e da GNR têm participado em ações de protesto nas últimas semanas, exigindo melhores condições salariais.

José Luís Carneiro convocou o Diretor Nacional da PSP e o Comandante-Geral da GNR para uma reunião no domingo às 09:00 no Ministério da Administração Interna.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here