Marcelo visita comunidades portuguesas no Canadá com deputados de seis partidos

0
72

O Presidente da República vai realizar uma visita oficial ao Canadá entre quarta-feira e domingo, concentrada em Montreal e Toronto, com um programa dedicado às comunidades emigrantes portuguesas, em que estará acompanhado por deputados de seis partidos.

Durante esta visita, o chefe de Estado terá um encontro com o primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, na sexta-feira, em Toronto, confirmou a Presidência da República Portuguesa.

Esta deslocação de Marcelo Rebelo de Sousa ao Canadá – onde segundo o recenseamento de 2021 vivem cerca de 450 mil pessoas de origem portuguesa – coincide com as celebrações dos 70 anos da chegada dos primeiros emigrantes portugueses oficialmente registados.

A emigração portuguesa oficial para o Canadá teve início em 1953, na sequência do estabelecimento de relações diplomáticas formais entre os dois países, em 1952.

No Canadá, o Presidente da República estará acompanhado pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, João Gomes Cravinho, pelo secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, Paulo Cafôfo, e por deputados de todos os partidos que têm grupos parlamentares. Só não irão representantes de PAN e Livre, que têm deputados únicos.

O PS estará representado pelo deputado João Azevedo e Castro e o PSD por Francisco Pimentel, ambos deputados eleitos pelos Açores, de onde é oriunda grande parte da emigração portuguesa para o Canadá.

Pelo Chega irá o deputado Diogo Pacheco de Amorim e pela Iniciativa Liberal o líder parlamentar, Rodrigo Saraiva. Os deputados do PCP Bruno Dias e do Bloco de Esquerda José Soeiro completam a comitiva.

O chefe de Estado começará esta visita por Montreal, na quarta-feira ao fim do dia, com um encontro e jantar com a comunidade portuguesa.

Em Montreal, na quinta-feira, Marcelo Rebelo de Sousa vai ainda visitar o Centro Canadiano de Arquitetura – cujo acervo inclui arquivos do arquiteto português Álvaro Siza Vieira e outras figuras da arquitetura mundial – e a instituição Missão de Santa Cruz.

Ainda em Montreal, o Presidente da República dará um passeio a pé, até ao Parque de Portugal, seguindo na noite de quinta-feira para Toronto.

Na sexta-feira, depois do encontro com Justin Trudeau, irá inaugurar uma exposição sobre os 70 anos da chegada dos primeiros emigrantes portugueses oficialmente registados no Canadá e conversar com alunos na Universidade de Toronto.

Em Toronto, o chefe de Estado estará também no lançamento da primeira pedra da construção do Centro Magalhães, que será um lar para idosos e centro social, e terá um encontro e jantar com a comunidade portuguesa na União Internacional dos Trabalhadores da América do Norte (LIUNA).

No domingo, irá visitar a Sociedade de Caridade Luso-canadiana, instituição que apoia pessoas com deficiência, em Mississauga, perto de Toronto, durante a tarde.

Ao fim do dia, Marcelo Rebelo de Sousa viajará para os Estados Unidos da América, para participar no debate geral da 78.ª sessão da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque, até 23 de setembro.

Esta visita oficial do Presidente da República ao Canadá foi antecedida por visitas do primeiro-ministro, António Costa, em 2018, do presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, em 2022, por ocasião do Dia de Portugal, e do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, Paulo Cafôfo, em maio deste ano.

O anterior Presidente da República, Cavaco Silva, esteve no Canadá em 2014, mas apenas em Toronto, durante dois dias.

O antigo de chefe de Estado Jorge Sampaio Jorge Sampaio fez uma visita mais extensa, de oito dias, em que percorreu oito cidades, da Costa Oeste para a Costa Leste: Vancouver, Winnipeg, Otava, Toronto, Montreal e São João da Terra Nova.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here