Marjorie de Sousa ganha ação contra Julián Gil

Atriz portuguesa pode agora pedir reivindicar custodia do filho

0
1434

Oscar Sayago

A atriz lusodescendente Marjorie de Sousa poderá agora reivindicar a custódia do seu filho Matías depois do seu ex, o ator argentino e pai da criança, Julián Gil, ter perdido o poder de paternidade. A petição de Gil, no fim de semana passado, num tribunal de família do México, determinou após uma longa investigação com provas de ADN que Matías Gregorio Gil de Sousa é de facto filho dele e de Marjorie Lissette de Sousa Rivas.

A ação de Gil pode, contudo, reverter-se contra ele caso De Sousa queira reivindicar a custódia do filho, pois foi o próprio ator que pôs em causa a paternidade do seu filho com uma ação que acabou por perder. Mas é possível que as tensões do caso tenham diminuído e as brigas tenham ficado por aqui.

Depois de Sousa ter ficado a saber dos resultados do teste de ADN, esta renunciou publicamente aos benefícios que poderia trazer Gil ao seu filho, e declarou à cadeia de Telemundo que renunciava à pensão, ao seguro escolar e «assumo por inteiro todas as despesas que tenha com o meu filho, como tenho vindo a fazer».

Devido a estas declarações, o ator argentino comentou à cadeia de Univisión que as declarações da sua ex-companheira são «incoerentes», sendo que destacou ser «incrivelmente injusto hoje que sabemos que sou o pai da criança ela quer preocupar-se com o bem-estar da criança». Gil referiu que se ela não quer a pensão ele vai depositar o dinheiro numa conta até que Matías tenha 18 anos.

De Sousa contra-argumentou que viveu «meses de provocações, assédio e bullying» por causa do escândalo, tendo sida posta em causa a sua integridade. Por isso, diz que agora quer “paz” pois, segundo algumas fontes próximas da atriz, os advogados de Gil já têm em seu poder um acordo onde Marjorie abdica de pensão, seguro médico, seguro escolar e liberdade de visita.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here