Miguel Oliveira teve a pior qualificação do ano no GP de Espanha de MotoGP

0
32

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) foi 21.º classificado na qualificação para o Grande Prémio de Espanha de MotoGP, sexta prova do Mundial de motociclismo de velocidade, que se disputa no circuito de Jerez de la Frontera.

Miguel Oliveira, que teve de passar pela primeira fase da qualificação (Q1) depois de ter sido 16.º na soma dos três primeiros treinos livres, terminou com o tempo de 1.37,958 minutos.

O italiano Francesco Bagnaia (Ducati) garantiu a primeira ‘pole position’ da temporada, com o tempo de 1.36,170 minutos, batendo o francês Fabio Quartararo (Yamaha), que foi segundo, por 0,453 segundos, com o espanhol Aleix Espargaró (Aprilia) em terceiro, a 0,763 segundos.

Este foi o pior resultado do ano em qualificação para Miguel Oliveira, que tinha sido 14.º no Qatar, sétimo na Indonésia, 16.º na Argentina, 20.º no GP das Américas e 11.º em Portugal.

No entanto, depois do 16.º lugar na terceira sessão de treinos livres, o piloto luso foi o quinto melhor na quarta sessão de treinos livres, onde, habitualmente, os pilotos testam as condições de corrida.

Miguel Oliveira terminou a 0,354 segundos do mais rápido, que também tinha sido Bagnaia.

Na Q1, Miguel Oliveira mostrou-se descontente com a mota, pois nem sequer cumpriu uma volta lançada, regressando imediatamente às boxes.

Acabaria por sair para a pista apenas nos últimos minutos da sessão.

O Grande Prémio de Espanha de MotoGP é a sexta prova da temporada.

O piloto luso chega a esta ronda na oitava posição, com 39 pontos, a 30 dos líderes, Fábio Quartararo e o espanhol Alex Rins (Suzuki).

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here