MPT defende salário mínimo de 800 euros na região em 2023

0
15

O MPT – Partido da Terra defende o aumento do salário mínimo para 750 euros em 2022, e para 800 euros por mês em 2023 na Região Autónoma da Madeira. Em comunicado, o coordenador do MPT, Valter Rodrigues, sugere ainda aumentos de euro no subsídio de refeição.

A medida apresentada surge pelo MPT considerar que «a Região Autónoma da Madeira é um sistema económico isolado», que «a procura na Região é inelástica»; que «as empresas têm capacidade financeira para cobrir estes aumentos», e que «o salário mínimo do nosso competidor turístico mais direto – Canárias – será de 965 euros por mês em 2022».

«Com esta medida pretende-se melhorar as condições de vida das populações, promover a inclusão social e combate à pobreza, promover o acesso à habitação», sublinha o coordenador do MPT, que considera que «aumentar salários é mais eficaz que planos de inclusão social e combate à pobreza e planos de acesso à habitação», que «acarretam muita burocracia, favorecem a injustiça e a corrupção.»

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here