Narcisos podem ajudar a curar a depressão

0
571

A depressão e outras doenças do sistema nervoso central têm mantido os cientistas ocupados desde há muito tempo, com a busca de medicamentos para minimizá-las. Agora, um estudo publicado pelo ‘Journal of Pharmacy and Pharmacology’, e realizado por um grupo de especialistas da Universidade de Copenhaga (Dinamarca), que investigaram o tema durante anos, assegura que foram encontradas algumas substâncias nos narcisos e noutras flores bulbosas que podem encerrar a chave para curar estas doenças.

O estudo revela que alguns compostos destas flores poderão atravessar a barreira que impede a passagem para o cérebro dos medicamentos criados até agora (90% destas fármacos não conseguem atravessá-la),já que estas plantas contêm compostos alcaloides que podem ter efeitos na serotonina, que é o neurotransmissor que se acredita estar envolvido na depressão.

Os especialistas asseguram que o efeito das plantas no cérebro causa uma espécie de negociação com a barreira hemato-encefálica, situada entre os vasos sanguíneos e o sistema nervoso central.

No estudo dinamarquês, os cientistas criaram um modelo celular geneticamente modificado daquela barreira que continha elevados níveis de P-glicoproteína, provando, desta maneira, que nove compostos alcaloides do narciso e de outras amarilidáceas conseguiram atravessar a barreira de P-glicoproteína.

Em estudos anteriores já tinha ficado demonstrado que estes compostos podiam actuar de alguma forma nos neurotransmissores, no entanto, os especialistas asseguram que ainda devem ser levadas a cabo mais investigações para determinar se estes elementos poderão ser incluídos nos novos medicamentos para combater doenças relacionadas com as emoções.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here