Neves: “Venezuela, África do Sul e Inglaterra exigem atenção especial”

0
37

O deputado Paulo Neves apelou, esta tarde, na Assembleia da República e no âmbito da audição ao novo Presidente do Camões – Instituto da Língua e Cooperação Portuguesa, a uma atenção especial e redobrada, por parte do Estado, às comunidades existentes na Venezuela, na África do Sul e no Reino Unido.

Uma atenção que se impõe perante as graves dificuldades que estas comunidades enfrentam, ora agravadas pela pandemia, dificuldades essas que exigem mais apoio, colaboração e acompanhamento.

“As graves necessidades que as nossas comunidades estão a enfrentar neste momento, tanto do ponto de vista social e sanitário quanto económico, obrigam a outro olhar e capacidade de intervenção”, disse, deixando claro que o reforço da cooperação institucional com estes Países revela-se essencial nesta fase.

Intervindo na Comissão de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas, Paulo Neves destacou, ainda, o papel fundamental que este Instituto assume tanto no ensino da língua portuguesa quanto na promoção, defesa e preservação da cultura nacional, sublinhando a importância de manter viva essa identidade e os laços que unem cada comunidade ao nosso País.

A rematar, o deputado eleito pelo PSD/M à Assembleia da República abordou a Expo Dubai e a importância da defesa do património português espalhado pelo Mundo, sublinhando a necessidade de tornar a língua portuguesa como língua oficial ou de trabalho em organismos internacionais e da cooperação com Moçambique, em especial com o norte de Moçambique onde existe quase um milhão de refugiados.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here