Nossa Senhora de Fátima por toda a Venezuela

Templos e paróquias carregam o nome da Virgem, tornando-se populares entre os fiéis

0
669

A devoção à Virgem Maria, e neste caso a Nossa Senhora de Fátima, tornou possível que o seu nome seja utilizado nas mais diferentes situações, como em nomes de colégios, supermercados e até centros de estética  saúde, ou a sua imagem colocada nos mais diversos espaços, como frigoríficos. E desde a época de maior emigração de portugueses, teve início um movimento no qual seriam as paróquias e igrejas a carregar o nome de Nossa Senhora.

Ainda que muitos desconheçam a existência destes lugares, o certo é que desde 1952 existem paróquias, igrejas e serviços especiais amparados no nome da Virgem de Fátima espalhados pelo território nacional, bem como a presença de imagens da rainha portuguesa, que está cada vez mais presente em mais sedes da igreja católica venezuelana.

A primeira igreja Nossa Senhora de Fátima registada na Venezuela foi na paróquia com o mesmo nome, inaugurada em 1952, na avenida Este 12, N. 285, urbanização El Conde, em Caracas, sendo uma das poucas estruturas da época que se mantém de pé nesta zona da capital. Esta igreja merece ser visitada por todos aqueles que desejem ter uma experiência visual muito completa, pois a fachada deste templo não diz o que encontram os crentes que entram neste templo de oração.

Cinco anos mais tarde, foi inaugurada a igreja Nossa Senhora de Fátima (1957), na rua Bolívar, do Bairro Nazareno de Petare, zona que, apesar da dificuldade de acesso, mantém entre os seus vizinhos um importante número de portugueses.

El Junquito é outra das zonas da capital que alberga uma igreja com este nome, correspondente à paróquia La Misericordia del Señor, ao quilómetro 19, famosa pelas honras que todos os anos rendem à virgem, ressaltando as tradições portuguesas.

Nossa Senhora de Fátima é também uma igreja auxiliar da paróquia San Francisco Javier. Este serviço fica situado no Bairro Simón Rodríguez, sector El Molino, de El Manicomio, muito perto de Catia, o que aumenta a presença da Virgem em zonas populares, ao consolidar-se depois de muitos anos, em 1982, a fundação da igreja Nossa Senhora do Rosário de Fátima, em Las Minas de Baruta.

Um dos serviços especiais dedicado às comunidades estrangeiras, reconhecido pela igreja venezuelana, é prestado pela popular Missão Católica Portuguesa, cujo nome original é Eremita de Nossa Senhora da Coromoto e Nossa Senhora de Fátima, situada em San Bernardino, e dirigida pelo padre madeirense Alexandre Mendonça.

No interior do país, encontramos novas paróquias, como a paróquia Eclesiástica Nossa Senhora de Fátima de Maracaibo, que conta com uma moderna página web (www.parroquiafatimamaracaibo.com), através da qual mantém contacto próximo e directo com os fiéis.

Foi a 28 de Janeiro de 1957 que o bispo de Maracaibo, Monsenhor Marcos Sergio Godoy, assinou o decreto da para a construção da nova paróquia que respondia à necessidade de espaços religiosos, fruto do aumento da população, pelo que a paróquia Nossa Senhora de Las Mercedes ergueu a vice-paróquia eclesiástica, com o nome de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, em Monte Claro, a igreja que foi construída dois anos depois na rua B com avenida 2, Sector 18 de Outubro de Maracaibo.

Curiosamente, nesta igreja, nenhum dos sacerdotes que a geriu desde o início era de origem portuguesa.

No centro do país, encontramos a igreja Nossa Senhora do Rosário de Fátima, na urbanização Barici, de Barquisimeto, que desde há alguns anos se tornou num centro de encontro de jovens e famílias, para além de ser um dos centros religiosos de todo o país mais visitado durante as missas. Isto deve-se, em grande parte, à chegada do famoso padre carismático Chulalo, que, com técnicas pouco comuns na igreja, mas bem sucedidas, conseguiu atrair novos e jovens fiéis, assim como crentes de outras paróquias que decidiram encontrar-se com a igreja graças à acção deste sacerdote.

As missas de domingo são uma experiência que se deve viver e desfrutar. Entra-se sem conhecer ninguém e acaba-se amigo de quem está ao lado ou atrás, e ainda que não acredita, desfruta-se tanto que até os avozinhos dançam em honra a Deus.

O padre Chulalo também se caracteriza pela proximidade com os seus fiéis, com quem tem contacto directo antes e durante a missa, assim como nas actividades da igreja, mas também através das redes sociais, onde é conhecido pelos seus directos, os posts no blog (padrechulalo.blogspot.com), onde fala sobre temas actuais e de interesse nacional.

Como dado curioso, é destacado num monumento para visitas turísticas num grande número de guias turísticos da cidade de Mérida: A Gruta da Virgem de Fátima, situada no Sector La Terraza, na avenida Táchira com intersecção da Via com o Barrio Los Limones.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here