Novas sanitas ecológicas

0
1247

A casa-de-banho é talvez uma das áreas da casa que mais importantes avanços ecológicos teve nos últimos tempos. Hoje em dia, podemos encontrar, inclusive na Venezuela, uma ampla gama de sanitas que aplicam princípios ecológicos que não só permitem a poupança de água, como também a sua reutilização.

Inclusive é possível encontrar sanitas capazes de filtrar água, apta para consumo humano.

E há alguns dias, foi precisamente a notícia do lançamento de um novo modelo de sanita que deu a volta ao mundo. Uma equipa de investigadores descobriu que os desperdícios humanos podem ser úteis na hora de desenhar uma sanita capaz de criar energia com estes desperdícios.

O propósito desta equipa, que vem da Universidade Tecnológica de

de Nanyang, Singapura, é fazer com que esta cidade seja mais sustentável e duradoura, pelo que o objectivo desta nova criação é tornar os desperdícios humanos em adubo e combustível, para além de poupar até 90% de água de cada vez que uma pessoa vá a uma casa-de-banho que possua este equipamento.

Para além dos desperdícios humanos, os investigadores também se propuseram criar centros locais de tratamento, nos quais se concentram todo o tipo de desperdícios das casas próximas para convertê-los em energia.

Segundo os investigadores, o primeiro protótipo da sanita, chamado No-Mix Vacuum, entra ao serviço nesta instituição académica de Singapura, um dos países mais avançados da Ásia, que agora também planeia tornar-se num dos países mais sustentáveis e ecológicos do continente.

Ainda que este equipamento tenha de ser testado antes de começar a ser comercializado, trata-se de um feito ecológico importante, que a ser eficaz, seguramente se irá estender a todo o mundo.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here