Nuno Gomes faz brilhar novo vídeo de Chino e Nacho

O luso-descendente continua a impulsionar o seu nome na realização audiovisual.

0
1448

Felizes pelo êxito alcançado com o videoclip do tema “Me voy enamorando”, estreado no passado dia 7 de Maio, quinta-feira, Chino e Nacho afirmam que o material é um dos trabalhos que mais gozo deu realizar. Mas por trás do trabalho audiovisual que enamorou o público latino-americano existe o talento de um luso-descendente que a pouco e pouco captou a atenção dos maiores artistas do mercado: Nuno Eduardo Gomes Ribeiro, director da Compostela Films & Art, foi quem idealizou e dirigiu esta magistral peça, filmada no Bairro 25 de Março de Petare, no Museu Alejandro Otero e no Parque Los Caobos.

“E encontras-te nesse momento, parado em frente ao monitor, contemplando o que foi a experiência mais especial, humana, poderosa e emotiva que experimentaste na tua curta carreira de realizador. Com lágrimas nos olhos, não podes estar mais orgulhoso do resultado que conseguiste, tendo sempre presente que foi graças ao sacrifício, esforço, constância e perseverança do árduo trabalho que tens vindo a fazer com a tua maravilhosa equipa nos últimos anos. Como formiguinhas, todos trabalhando para a mesma causa. Incansavelmente, dia após dia e rodagem após rodagem, demonstrando que não há clientes pequenos, já que todo o projecto é grande”, afirmou o cineasta na sua conta do Facebook, instantes depois do lançamento do videoclip.

“É muito intenso o que estou a sentir neste momento. Muitos dirão que é mais um projecto, mas não foi. Isto foi uma carta de amor dedicada ao meu avô. Um projecto que nasceu à velocidade de um cometa. Uma história que esteve a circular na minha cabeça por muito tempo e que finalmente deu com o tema que me ligou directamente com ela e pude fazê-la ‘aterrar’. Não sabem as vezes que quis contar uma história de amor, onde o cancro não foi abordado de maneira amarillista, mas sim da maneira mais humana e nobre possível; que apesar das adversidades, a doença passa para segundo plano e que o verdadeiro protagonista foi o amor”, diz o luso-descendente.

O caraquenho, que estudou no ESCINE – Instituto de Cinema e Televisão da Venezuela, mostra-se surpreendido pelo resultado do seu trabalho: “Estou completamente emocionado e comovido, não só pelo feedback tão positivo que graças a Deus o vídeo teve com o público, mas também pela resposta de um país onde pude perceber, através do vídeo, que o que mais apreciamos reside na palavra ‘união’”.

“O conceito era claro: Apaixonar-se é como devolver cor à vida e isso foi o móbil para o videoclip. Eu queria conceptualizar que tanto a história como a performance foram unidos pelo mesmo princípio básico de devolver cor, sorriso, amor e vida tanto à minha personagem como ao país onde vivem. Que as pequenas acções levavam um significado muito maior e que não importava se começávamos pintando numa manhã de forma espontânea um bairro de Caracas, o que significava e representava para as pessoas dessa comunidade de sair para as ruas e ver como agora o ambiente está rodeado de cor e alegria. As grandes mudanças e contributos para a sociedade começam nas pequenas acções, desde dar amor”, explicou o director aos seus seguidores no Facebook.

Nuno não foi o único luso-descendente que brilhou neste videoclip: A jovem protagonista que sofre de cancro não é outra senão Naomi Alexandra de Oliveira Hirsekonr, que recentemente participou na eleição da Madrinha do Desporto do Centro Português, conseguindo a faixa de Miss Fotogenia. “Tanto Naomi como Rafael são titãs. Tão belos por dentro como são por fora. Crianças que assumiram com toda a responsabilidade, compromisso e talento este árduo e difícil projecto que tinham por diante para nos proporcionarem a sorte de ver como os meus personagens transcendiam o papel e ganhavam vida frente aos meus olhos. Algo que simplesmente jamais havia vivido a esse nível de sensibilidade e indubitavelmente jamais esquecerei”, sublinhou Gomes.

Artículo anteriorPortuguesas conquistam coroas no centro Hermandad Gallega
Artículo siguienteTeatro. De 14 a 20 de Maio
Editor - Jefe de Redacción / Periodista sferreira@correiodevenezuela.com Egresado de la Universidad Católica Andrés Bello como Licenciado en Comunicación Social, mención periodismo, con mención honorífica Cum Laude. Inició su formación profesional como redactor de las publicaciones digitales “Factum” y “Business & Management”, además de ser colaborador para la revista “Bowling al día” y el diario El Nacional. Forma parte del equipo del CORREIO da Venezuela desde el año 2009, desempeñándose como periodista, editor, jefe de redacción y coordinador general. El trabajo en nuestro medio lo ha alternado con cursos en Community Management, lo que le ha permitido llevar las cuentas de diferentes empresas. En el año 2012 debutó como diseñador de joyas con su marca Pistacho's Accesorios y un año más tarde creó la Fundación Manos de Esperanza, en pro de la lucha contra el cáncer infantil en Venezuela. En 2013 fungió como director de Comunicaciones del Premio Torbellino Flamenco. Actualmente, además de ser el Editor de nuestro medio y corresponsal del Diário de Notícias da Madeira, también funge como el encargado de las Comunicaciones Culturales de la Asociación Civil Centro Portugués.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here