O mundo Tetris

0
779

O maravilhoso mundo dos videojogos, desde os seus inícios, chamou a atenção de grandes e pequenos, principalmente porque para estes alguns dos jogos se transformaram ícones, apesar da sua rudimentar aparência, isto quando comparados com os brilhantes e formosos gráficos que hoje em dia se fazem.

Mas a verdade é que um dos mais populares jogos do Mundo perfaz já 30 anos. Trata-se do famoso Tetris, um jogo apresentado a 6 de junho de 1984 pelo programador russo Alexey Pajitnov, que atualmente conta com mais de cem milhões de cópias vendidas apenas para dispositivos móveis, sendo que surgiu também praticamente em todas as consolas de jogos.

Tetris é um simples conceito de peças que podem ser armadas, semelhantes a um jogo de construção, que foi lançado inicialmente a preto e branco e que agora existe em diferentes versões, nomeadamente em gráficos HD, dependendo das versões.

Pajitnov, pai do Tetris, não se converteu de imediato numa estrela entre os programadores de videojogos, pois naquela altura, na União Soviética, fez parte da distribuição e propriedade do jogo até 1996, ano em que o criador russo começou a ser parte da Microsoft.

Entre as curiosidades que podemos destacar deste jogo popular, importa referir que um estudo realizado este ano concluiu que este jogo pode mesmo influenciar o utilizador a deixar de fumar ou perder peso. Outro da Universidade de Oxford descobriu que reduziria os flashbacks e outros sintomas psicológicos que surgem depois de trauma. Ainda, em 2009, a Universidade da Califórnia publicou uma investigação onde afirmava que o título produz mudanças favoráveis nas áreas do cérebro vinculadas com o pensamento crítico, o processamento da linguagem e a planificação dos movimentos coordenados.

E, a esta altura, você ainda se deve estar a perguntar porque razão, apesar da sua simplicidade, este jogo é tão aditivo… Pois bem, segundo o investigador Tom Stafford, da Universidade de Sheffield, a ação de organizar ordenadamente blocos em pilas ordenadas, somado ao prazer virtual, rítmico e auditivo produz uma espécie de hipnose. Isto se explica com um fenómeno onde as tarefas não concluídas se recordam com mais facilidade que as que são finalizadas. E Tetris e exemplo claro disto, pois constantemente nos dá um novo trabalho para finalizar e, quando o terminamos, aparece um novo desafio.

Contudo, é importante destacar que é impossível ganhar no Tetris, pois a estrutura do jogo não permite criar uma estratégia para ganhar e o jogador acaba sempre a perder.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here