O tesouro da cenoura

0
685

Da cenoura só se ouve dizer que ajuda a bronzear a pele e que é boa para os olhos, mas para além desses efeitos, a maioria dos mortais desconhece a quantidade de benefícios para o organismo.
Ao vapor, fervida, crua, cozida, liquefeita ou simplesmente fresca e aos bocados, a cenoura faz parte do grupo de alimentos com “efeitos prometedores” na prevenção de alguns tipos de cancro.

Mas para além disso, é uma das hortaliças mais produzidas no mundo, sendo a Ásia o maior produtor, seguido da Europa e dos EUA.

E seguramente talvez desconhecia que os aromas da cenoura estimulam o apetite, que comê-la crua fortalece os dentes e as gengivas e evita que as bactérias adiram aos dentes.

Também ajuda a combater a prisão de ventre e a dor de estômago por intoxicação, acalma os problemas gástricos e o excesso de acidez e devido a sais minerais como o sódio, o cloro, potássio e vitaminas do complexo B. Também é diurética e ajuda à desintegração dos cálculos renais, e pelo seu alto conteúdo de potássio e fósforo é um excelente tonificante para mentes cansadas e restauradora de nervos.

Se é das pessoas a quem as unhas e o cabelo partem com facilidade, coma cenouras porque fortalecem e dão brilho, e graças ao seu elevado conteúdo de betacaroteno e vitamina A, melhora a qualidade biológica do leite materno, enriquecendo-o com minerais e enzimas, que inclusive melhoram a produção de leite.

Está comprovado que os betacarotenos são poderosos protectores que evitam o envelhecimento prematuro, e ainda que não lhe dê visão de água, protegerão a sua retina e evitarão o aparecimento de cataratas. Vai continuar a pensar ou acrescentará cenouras à sua próxima refeição?

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here