Pedidos de nacionalidade pressionam Consulado Geral de Portugal em Caracas

0
48

O diretor regional das Comunidades e Cooperção Externa, Rui Abreu reuniu-se hoje com o Cônsul-Geral de Portugal em Caracas, Licínio Bingre do Amaral e elogiou o trabalho que o diplomata tem feito na Venezuela em prol da Comunidade Madeirense.
“Se antes da pandemia, o consulado fazia 90 mil atos consulares, por ano, atualmente faz cerca de 350 atendimentos diários. E são os pedidos de nacionalidade que mais pressão colocam sobre os serviços”, adiantou o governante madeirense, elogiando a descentralização de atos consulares promovida pelo Cônsul.
“Ontem, o Consulado de Portugal em Caracas realizou uma Missão Consular em Los Teques, descentralizando os atos consulares, lembrou Rui Abreu, sublinhando que foi uma “iniciativa e importante para a Comunidade que, assim, não tem de se deslocar propositadamente a Caracas para tratar de documentos”.
Na missão consular em Los Teques foram realizados 250 atendimentos, a maioria relacionados com a emissão de cartões de cidadão e passaportes.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here