Peñaranda em processo de rescisão

0
94

Adalberto Peñaranda está em vias de deixar o Boavista, num processo de rescisão por mútuo acordo, segundo anunciou o próprio avançado a meios de comunicação da Venezuela. Tinha assinado por três temporadas com os axadrezados.

Após ligação de seis épocas ao Watford, o venezuelano de 25 anos foi contratado no limite do período de transferências do verão e inscrito na Liga. Contudo, a emissão do certificado internacional, condição obrigatória para o processo burocrático ficar completo, foi travado pela FIFA, devido a um impedimento do Boavista.

“Tinha contrato com o Watford por mais um ano, e terminei com eles para ir para o Boavista. Quando cheguei, tive um problema no tornozelo. Levei duas semanas para me recuperar, mas estava bem. Estou em forma, treinando com a equipe e pensei que seria convocado. Porém, me disseram: ‘você não pode jogar porque o time tem uma multa e não pode inscrever jogadores até pagar’. Fiquei sem palavras. Assinei contrato por três anos. São coisas que me escapam, não fui eu que errei», afirma o venezuelano numa entrevista.

O emblema axadrezado estava na expectativa de resolver esta situação no mercado de inverno, mas a FIFA não desbloqueou o problema. E face também aos recorrentes problemas físicos apresentados por Peñaranda, as duas partes estão agora em diálogo para se colocar um ponto final na ligação. Aliás, o avançado já não estará em Portugal, de forma a procurar alternativa para a carreira.

“Faz seis meses que não jogo e sou o único jogador do plantel que não pode jogar. Estão me pagando o salário, nunca falham, mas fui ao campeonato de Portugal porque gosto, por isso saí do Watford. Foi uma boa oportunidade. Agora tenho mais dois anos de contrato, embora esteja tentando rescindir. Depois vou procurar outro clube. Por enquanto, é a única saída», afirmou.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here