A imagem desta semana pertence ao Porto da Cruz, localidade situada no noroeste da Madeira, no distrito de Machico. A foto data de inícios do século XX, quando a população era muito diminuta. Em 2011, o número de habitantes mal superava os 2500, numa área de 25.22 km².

A origem do nome desta comunidade provém do facto de o descobridor original ter fixado uma cruz de ferro no porto com a ordem para que os viajantes do oceano identificassem melhor o local. Durante os primeiros assentamentos da costa norte, os bens destinados às comunidades do norte (como Santo António da Serra) foram descarregadas neste porto.

A paróquia do Porto da Cruz foi criada a 26 de Setembro de 1577, por Jerónimo Barreto, estabelecendo como sua padroeira Nossa Senhora da Piedade. Durante a assinatura do contrato, a doação oficial identificou a nova igreja como Nossa Senhora da Glória mas depois de terminada foi consagrada a Nossa Senhora de Guadalupe.

Desde a sua criação, a paróquia pertencia à Capitania de Machico, mas em 1835, foi integrada no município de Santana com as reformas administrativas do regime liberal. A 19 de Outubro de 1852, estas mudanças foram anuladas e a paróquia devolvida ao município de Machico.

O cultivo e a colheita da cana de açúcar ocuparam as actividades dos primeiros colonos. A fábrica de aguardente, terminada depois de 1858, foi parte desta industria, e a conversão das uvas, cultivando especialmente a casta americana de uva neste território.

A paróquia do norte está envolta pelas montanhas do Paul da Serra. Pico da Suna (1.040 metros), Pico do Larano (765 metros) Pico da Maiata (766 metros) são os pontos mais altos da paróquia. Ao longo da costa, a Penha d’Águia (uma escarpa montanhosa com 580 metros de altitude), difícil de escalar; o nome significa montanha das águias, dando a impressão de que só os pássaros se assentam nestas terras.

O terreno escarpado e de difícil comunicação ao longo dos anos traduziu-se em pequenos aglomerados de habitações, o que resulta numa comunidade de comunidades, que inclui 78 sítios diferentes.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here