Porto Moniz: Uma terra que cativa

0
105

Situado na zona norte da ilha da Madeira, o município do Porto Moniz tem cerca de 3000 habitantes distribuídos por uma área geográfica de 80,40 km². O Porto Moniz só passou a estar ligado ao resto da ilha depois da 2.ª Guerra Mundial, quando foi construída a emblemática estrada que liga o Porto Moniz ao concelho de São Vicente. Esta estrada foi literalmente escavada na encosta e é ocasionalmente atravessada por quedas de água que vão de encontro ao mar. Esta é considerada uma das mais bonitas estradas da Madeira. Por questões de segurança, devido à queda de pedras, existem hoje túneis que encurtam a distância, mas que ainda permitem a passagem pelos locais mais emblemáticos da estrada.

Porto Moniz

O Porto Moniz deve o seu nome a Francisco Moniz, casado com uma neta de Gonçalves Zarco, que deu apelido ao porto e mais tarde este se estendeu aos terrenos próximos à localidade portuária.

As piscinas naturais do Porto Moniz são o ex-libris do concelho, que constitui uma grande atração turística. Este complexo balnear é constituído por piscinas formadas a partir de rochas vulcânicas com formas muito singulares, onde o mar entra naturalmente, proporcionando sempre águas frescas e límpidas.

No Porto Moniz pode visitar o Centro de Ciência Viva e o Aquário da Madeira.

Na Santa do Porto Moniz realiza-se anualmente a tradicional Feira do Gado, com um recinto próprio para a realização do evento, onde se fazem várias exposições sobre produtos e materiais ligados à agropecuária, e também diversas atividades culturais e recreativas.

Achadas da Cruz

A freguesia das Achadas da Cruz localiza-se no extremo noroeste da ilha da Madeira. O povoamento das Achadas da Cruz foi bastante lento devido à sua altitude. Hoje, estima-se que esta freguesia tenha cerca de 220 habitantes.

Ao visitar esta freguesia pode fazer uma agradável viagem no teleférico das Achadas da Cruz, um confortável e seguro meio de transporte que liga a freguesia ao mar. Esta viagem proporciona vistas magníficas sobre o manto verde do Porto Moniz e das costas sobranceiras ao oceano Atlântico.

Ribeira da Janela

O seu nome deve-se a um ilhéu que se ergue a cerca de 100 metros da foz da ribeira e que apresenta uma abertura que parece uma janela aberta. Esta freguesia tem cerca de 750 habitantes distribuídos nas suas terras, que apresentam uma construção cuidada e tradicional, num ambiente de grande calma e sossego.

Em relação às atividades económicas, sobressai principalmente a agricultura, alguns serviços e casas de turismo no espaço rural.

Na Ribeira da Janela situa-se o Miradouro da Eira da Achada, que permite uma maravilhosa vista sobre a zona norte da ilha e onde existem mesas e bancos que possibilitam a realização de piqueniques.

Na foz da Ribeira da Janela existe um parque de campismo com excelentes condições e vários serviços e infraestruturas de apoio ao campista.

Nas serras desta freguesia encontra-se o sitio do Fanal com as suas famosas ásrvores centenárias Til (Ocotea foetens), um local muito aprazivel para fazer piqueniques e passeios a pé.

Seixal

A freguesia foi criada em 1553 e tem atualmente cerca de 1200 habitantes. Pensa-se que o seu nome descende de seixo, que significa pedra ou calhau. No entanto, há também quem diga que a sua origem pode advir de seixo, que designa uma espécie vegetal.

É uma terra com condições que cativam os que ali passam, com uma forte aposta nos recursos naturais. Na restauração, o prato forte é a truta, um peixe de água doce criado na freguesia, e predominam unidades de turismo de habitação rural e pequenas unidades.

Aqui pode usufruir de momentos agradáveis nas piscinas naturais. Esta zona balnear permite o contacto com o mar numas piscinas formadas por pedra negra vulcânica, com uma vista para as montanhas e a natureza que as envolve.

Na estrada antiga que liga a freguesia do Seixal à vila de São Vicente encontra-se o Miradouro do “Véu da Noiva”, a partir de onde se pode visualizar uma cascata que verte uma forte carga de água pela encosta abaixo, fazendo lembrar o véu branco de uma noiva.

Nesta freguesia encontra-se o Chão da Ribeira, um amplo vale envolvido por uma riquíssima variedade de plantas e vegetação que pertencem à Floresta Laurissilva, classificada como Património Natural Mundial da UNESCO. Aqui existe um viveiro de trutas para repovoamento de algumas ribeiras da ilha.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here