Portugal posiciona-se como um dos destinos preferidos para estudar

Para este período académico, a Direção Geral de Estatísticas de Educação Superior e Ciência revelou que mais de 30 mil estudantes estrangeiros entram anualmente em Portugal

0
780

Temas como a cultura, a gastronomia e o gentilício dos portugueses são apenas alguns dos fatores que motivam jovens de todo o mundo a escolher o país luso como opção para realizar estudos de graduação e pós-graduação. Embora em Coimbra, Porto e Lisboa estejam os principais institutos, a verdade é que Portugal tem uma ampla gama de possibilidades académicas para todos os gostos. Para este período académico, a Direção Geral de Estatísticas de Educação Superior e Ciência revelou que mais de 30 mil estudantes estrangeiros entram em Portugal todos os anos para estudar. Nesse sentido, o país português está desenvolvendo diferentes propostas habitacionais para acolher estudantes internacionais. O custo médio de uma acomodação estudantil em Lisboa é de 450 euros, em Coimbra é de 300 euros e no Porto é de 400 euros.

O requisito indispensável para frequentar uma universidade portuguesa é que os estudantes internacionais tenham um diploma e notas certificadas equivalentes às mínimas para a entrada no Ensino Secundário», também conhecido como ensino médio ou secundário. O sistema de ensino universitário é dividido em graus de bacharelado, mestrado e doutoramento. Os estudantes estrangeiros pagam um valor de matrícula mais elevado que os estudantes nacionais. O valor médio da mensalidade do semestre para um estudante estrangeiro é entre 3000 e 4500 euros, dependendo do curso de interesse. Nas universidades de Portugal, para obter o grau de licenciado, o aluno deve consolidar um total de 180 a 240 créditos, que podem cobrir uma duração de seis a oito semestres. Para um mestrado, o aluno deve consolidar um ciclo de estudos que varia de 90 a 120 créditos, o que pode abranger aproximadamente uma duração entre três e quatro semestres. Finalmente, o grau de doutoramento é obtido depois de ter obtidos os créditos necessários, dependendo da área de especialização, que pode abranger uma duração de três a cinco anos.

Os estudantes com passaporte da União Europeia não precisam de visto. Pelo contrário, os estudantes de países de fora da União Europeia, como é o caso dos de origem na Venezuela, devem solicitar um visto de estudante na sede do Consulado Geral de Portugal em Caracas ou Valencia. Os requisitos para o visto incluem o passaporte válido; formulário de candidatura no site do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras – SEF (www.sef.pt); fotografia tipo BI; carta de aceitação emitida por uma universidade portuguesa; certificação de antecedentes criminais (anteriormente validade); seguro de viagem com uma cobertura mínima de 30.000 euros e um termo assinado e notariado em Portugal por um cidadão português, que deve declarar o seu compromisso em matéria de despesas e alojamento do estrangeiro durante o período de permanência em Portugal.

Bolsas

O ensino superior em Portugal não é gratuito. No entanto, existem vários programas de bolsas de estudos e financiamentos promovidos por instituições portuguesas ou mesmo pelas próprias casas de estudo.

Fundação Calouste Gulbenkian

A Fundação Calouste Gulbenkian foi criada em 1956 com o objetivo de promover o conhecimento e melhorar a qualidade de vida das pessoas através das artes, da caridade, da ciência e da educação. Com sede em Lisboa e com delegações em Paris e Londres, a fundação concede bolsas de estudo tanto nacionais como estrangeiras nas áreas de preparação e aperfeiçoamento artístico, investigação na área de cultura portuguesa para estrangeiros, valorização dos recursos humanos dos Palop e Timor-Leste, comunidades armênias e residências artísticas. Em diferentes momentos do ano, a instituição anuncia a abertura de candidaturas no seu site oficial: https://gulbenkian.pt/bolsas-apoios-gulbenkian/

Instituto Camões

Anualmente, durante os meses de abril e maio, o Instituto Camões IP oferece bolsas de estudo que permitem a aprendizagem do português em contextos específicos, ligados ao domínio da língua e à cooperaão. Os programas destinam-se a promover o estudo e a investigação na área da língua e cultura portuguesas, formação científica e profissional no ensino do português como língua estrangeira e formação ou aperfeiçoamento na área da tradução e interpretação. Os avisos de abertura para os candidatos são publicados no site do instituto: http://www.instituto-camoes.pt/ ou através da sua conta oficial do Facebook: Instituto Camões.

Erasmus Mundus

O Erasmus Mundus para estudos na Europa oferece o programa Mayanet, através do qual estudantes de graduação, mestrado, doutoramento e pós-doutoramento, bem como pessoal académico em cargos académicos ou administrativos, podem frequentar estudos financiados pela Comissão Europeia. O projeto visa contribuir para a criação de relações duradouras e confiáveis ​​entre os países da União Europeia e a América Latina e para fortalecer os laços políticos, culturais, educacionais e económicos entre as duas regiões. Para candidatar-se, os interessados devem ser de Honduras, El Salvador, Guatemala, Nicarágua, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, México, Panamá, Uruguai ou Venezuela; não ter vivido por qualquer motivo num dos países europeus da oferta há mais de doze meses nos últimos cinco anos e possuir domínio suficiente na língua do país onde os estudos serão realizados. Mayanet abrange a área de Ciências Agrícolas; Arquitetura; Planeamento Urbano e Regional; Ciências de Estudos e Gestão Empresarial; Educação, Formação de Professores; Engenharia; Ciências Médicas; Ciências Naturais; Ciências Sociais; Ciências da Informação e da Comunicação; Administração Pública; Energia Renovável; Mudança Climática; e Direitos Humanos, entre outros. Para mais informações, os interessados podem consultar o site oficial do programa: http://www.em-a.eu/pt/home.html.

Oportunidades de estudo

 

Universidade da Madeira: A UMa é uma universidade localizada na cidade do Funchal, ilha da Madeira. Foi fundada a 13 de setembro de 1988 e possui Departamento de Letras e Ciências Humanas, Departamento de Ciências Exatas e Engenharia, Departamento de Ciências Sociais, Departamento de Ciências da Vida, Departamento de Saúde e Escola Superior de Tecnologia e Gestão.

Universidade do Porto: A UP é uma universidade localizada na cidade do Porto, no norte de Portugal. Foi fundada a 22 de março de 1911. Possui as faculdades de Arquitetura; Belas Artes; Ciências, Nutrição e Ciências Alimentares; Desporto; Direito; Economia; Engenharia; Farmácia; Letras; Medicina; Medicina Dental; Psicologia e Ciências da Educação, e o Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar.

Universidade do Algarve: A Universidade do Algarve está localizada na cidade de Faro, capital da região do Algarve. Conta com quatro campus na cidade de Faro e um em Portimão. O Campus de Penha está localizado a norte da cidade de Faro e integra as faculdades de Educação e Comunicação; Engenharia; ou Gestão, Hotelaria e Turismo. O Campus de Gambelas está localizado em Montenegro, a cerca de cinco quilómetros da capital. Gambelas é sede das Faculdades de Ciência e Tecnologia, Economia e Ciências Humanas e Sociais. O Campus de Saúde, localizado na cidade de Faro, é um centro dedicado a recursos informativos na área da saúde, que estão disponíveis para toda a comunidade estudantil em diferentes formatos. O Campus de Portimão, localizado fora do município de Faro, acolhe a Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo.

Universidade do Minho: Fundada em 11 de agosto de 1973, tem quatro campus em Braga e um em Guimarães. Como parte da oferta académica, possui as escolas de Arquitetura; Ciências; Ciências da Saúde; Direito; Economia e Gestão; Engenharia; Psicologia; Enfermagem; e Ciências Sociais, bem como os institutos de Ciências Sociais, Educação, Letras e Ciências Humanas.

Nova Universidade de Lisboa: A UNL, também conhecida como «A Nova», foi criada em 1973 e tem sede em Lisboa. Inclui as Faculdades da Ciência e Tecnologia; A Faculdade de Ciências Sociais e Humanas; a Faculdade de Ciências Médicas; a Faculdade de Economia e Direito. Tem, ainda, o Instituto Superior de Estatística e Gestão da Informação; o Instituto de Tecnologia Química e Biologia; o Instituto de Higiene e Medicina Tropical, assim como a Escola Nacional de Saúde Pública.

Universidade Autónoma de Lisboa: Foi fundada em 13 de dezembro de 1985 por iniciativa da Cooperativa de Ensino Superior. Inclui as faculdades de Administração e Gestão de Desporto; Arquitetura; Ciências da Comunicação; Direito; Economia; Engenharia Informática; Gestão; Administração e Administração Pública; História; Gestão de Computadores; Psicologia e Relações Internacionais.

Universidade Católica Portuguesa: A UCP, criada em Braga em 1967, tem escritórios em Lisboa, Porto, Braga e Beira Litoral. Oferece uma ampla oferta académica dividida entre as Faculdades de Administração e Gestão de Empresas; Ciência Política e Relações Internacionais; Ciências Religiosas; Comunicação Social e Cultural; Direito; Economia; Enfermagem; Filosofia; Línguas Estrangeiras Aplicadas; Psicologia; Serviço Social; Teologia.

Universidade da Beira Interior: A UBI, localizada na Covilhã, distrito de Castelo Branco, foi fundada em 1986 e compreende as faculdades de Arquitetura; Bioengenharia; Bioquímica e Biotecnologia; Ciências Políticas e Relações internacionais; Ciências Biomédicas; Ciências da Comunicação; Ciência da Cultura; Ciências do Desporto; Ciências Farmacêuticas; Cinema; Design de Moda; Desenho Industrial; Design Multimédia; Economia; Engenharia Aeronáutica; Engenharia Civil; Engenharia Eletromecânica; Engenharia Civil; Engenharia Eletromecânica; Engenharia Eletrónica e informática; Engenharia Informática; Estudos Portugueses e Espanhóis; Gestão; Computação na Web; Marketing; Medicina; Optometria; Psicologia; Química industrial; Sociologia.

Universidade de Aveiro: A UA, localizada na cidade de Aveiro e criada em 1973, compreende as faculdades da Administração Pública; Biologia; Biologia e Geologia; Bioquímica; Biotecnologia; Ciências Biomédicas; Ciências da Engenharia Civil; Ciências Marinhas; Comércio; Contabilidade; Design; Documentação e Arquivologia; Economia; Educação Básica; Enfermagem; Engenharia e Sistema de Computadores e Telemática; Engenharia de Materiais; Engenharia Ambiental; Engenharia e Gestão Industrial; Engenharia de Telecomunicações; Engenharia Eletrotécnica; Engenharia Física; Engenharia Geológica; Engenharia Mecânica; Engenharia Química; Finanças; Física; Fisioterapia; Gerontologia; Gestão; Gestão Pública Autárquica; Línguas e Estudos

Editoriais; Línguas e Relações Empresariais; Línguas, Literaturas e Culturas; Marketing; Matemática; Meteorologia, Oceanografia e Geofísica; Música; Novas Tecnologias de informação e Comunicação; Psicologia; Química; Radiologia; Técnico Superior de Justiça; Secretário Técnico Sénior e Tecnologia; Design de Produto; Tecnologias da informação; Tecnologias e Sistema de Informação; Terapia da Fala; Tradução e Turismo.

Universidade de Lisboa: A UL, fundada a 9 de março de 1911, tem a sua sede na capital portuguesa. A Universidade Clássica de Lisboa, como é informalmente conhecida, inclui as Faculdades de Belas Artes, Letras, Farmácia, Medicina, Medicina Dentária, Direito e Psicologia. Da mesma forma, possui o Instituto de Medicina Molecular e unidades de investigação associadas, o Instituto Geofísico do Infante D. Luís; o Observatório Astronómico de Lisboa e as unidades de investigação associadas; o Instituto de Educação; o Instituto de Geografia e Organização Territorial, e o Instituto de Orientação.

Universidade de Coimbra: A UC, nomeada Património da Humanidade em 2013, foi fundada e a 1 de março de 1290. A sua oferta académica é distribuída por um total de oito faculdades: Letras; Direito; Medicina; Ciência e Tecnologia; Farmácia; Economia; Psicologia e Ciências da Educação e Ciências Desportivas e Educação Física.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here