Portugal tem feito trabalho muito bom na vacinação, considera Centro Europeu

0
35

O Centro Europeu para Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC) considera que Portugal tem feito um “trabalho muito bom” na vacinação contra a covid-19, sendo dos países da União Europeia (UE) com maior cobertura vacinal da população.

“Portugal está a fazer um trabalho muito bom em termos de vacinação e está entre os países europeus com a maior cobertura vacinal da população”, afirma o diretor do departamento de Vigilância do ECDC, Bruno Ciancio, em entrevista à agência Lusa.

Numa altura em que mais de 7,5 milhões de portugueses já têm a vacinação completa contra a covid-19, o especialista assinala que, apesar do recente “aumento bastante significativo do número de casos que houve durante o verão, a mortalidade permaneceu estável” no país.

Seguindo a tendência verificada por toda a UE nos últimos meses, Portugal registou também “um ligeiro aumento dos internamentos e entradas nos cuidados intensivos porque ainda há partes da população que não estão completamente vacinadas”, retrata Bruno Ciancio.

Contudo, “em comparação com outros países, eu diria que a sua vulnerabilidade é menor”, salienta o responsável.

“Penso que é isso que precisamos de conseguir em todos os países europeus”, defende Bruno Ciancio nesta entrevista à Lusa, aludindo às diferenças acentuadas na cobertura vacinal entre os países da UE.

Vincando existir uma relação entre a vacinação e a redução da doença grave, o especialista admite que “os países que mais preocupam [o ECDC] em termos de impacto absoluto são também países onde a cobertura vacinal não é tão elevada”.

“Estamos a falar da Bulgária, Estónia, França, Grécia, Lituânia, países que, por várias razões, não têm uma taxa de vacinação muito elevada”, precisa Bruno Ciancio.

Ainda assim, um pouco por toda a Europa, o número de infeções tem vindo a subir nos últimos meses, o que o especialista atribui ao “comportamento diferente das pessoas” em situações como turismo e à propagação da variante Delta, mas que devido à vacinação não se refletiu em elevado número de internamentos e mortes.

Atualmente, cerca de 70% da população adulta da UE já está inoculada com duas doses de vacina contra a covid-19, num total de mais de 250 milhões de pessoas totalmente vacinadas.

A ferramenta ‘online’ do ECDC para rastrear a vacinação na UE, que tem por base as notificações dos países (e por isso pode não estar totalmente atualizada) revela que a cobertura vacinal é mais baixa em países como a Bulgária (20% da população totalmente vacinada), Roménia (32%) e Letónia (47%) e mais elevada na Irlanda (87%), Dinamarca (84%) e Portugal (83%).

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) informou na quarta-feira que mais de 7,5 milhões de portugueses já têm a vacinação completa contra a covid-19 e cerca de 8,6 milhões já receberam pelo menos uma dose da vacina.

Segundo o relatório semanal da DGS sobre a vacinação, entre o processo que arrancou a 27 de dezembro de 2020 e até agora, 73% da população portuguesa já terminou a inoculação contra o vírus SARS-CoV-2 e 83% já foram vacinados com a primeira dose.

Os dados da DGS indicam também que a quase totalidade dos idosos com 65 ou mais anos – 99%, mais de 2,3 milhões – tem a vacinação completa, assim como 96% das pessoas entre os 50 e 64 anos (2.079.384).

Desde o início da vacinação, o país recebeu um total de 17.488.090 vacinas contra a covid-19, tendo sido distribuídas pelos centros de vacinação de Portugal continental e pelas regiões autónomas 15.136.630 doses.

Sediado na Suécia, o ECDC tem como missão ajudar os países europeus a dar resposta a surtos de doenças.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here