Qatar 2022: Ronaldo lidera lista lusa com 10 repetentes e 16 estreantes

0
16

O ‘capitão’ Cristiano Ronaldo, rumo à quinta presença, lidera os 26 convocados da seleção portuguesa de futebol para o Mundial2022, sendo um dos 10 repetentes, numa lista com uma maioria de 16 estreantes.

Para a oitava presença lusa em fase finais, e sexta seguida, o selecionador luso, Fernando Santos, não abdicou dos mais experientes – a exceção, de certa forma, surpreendente foi João Moutinho -, e voltou a chamar o guarda-redes Rui Patrício, os defesas Raphaël Guerreiro, Pepe e Rúben Dias, os médios William Carvalho, Bernardo Silva, João Mário e Bruno Fernandes e os avançados Cristiano Ronaldo e André Silva.

Contudo, dos 10 repetentes, salta desde logo à vista Cristiano Ronaldo, quem apesar de estar muito longe da boa forma e dos números que obteve ao longo da já longa carreira, continua com lugar cativo.

O ponta de lança dos ingleses do Manchester United estreou-se na Alemanha2006 e esteve também na África do Sul2010, no Brasil2014 e na Rússia, em 2018, ano em que os lusos ‘caíram’ nos oitavos de final, diante do Uruguai, que será adversário da seleção nacional na fase de grupos do Mundial2022.

Nas últimas três edições já com o estatuto de ‘capitão’ de equipa, Ronaldo, de 37 anos, que regista 17 partidas e sete golos na principal prova de seleções, junta as cinco participações em Mundiais a outras tantas em Europeus (2004, 2008, 2012, 2016 e 2020).

No lote dos 26, Ronaldo é secundado pelo central Pepe, do FC Porto, o segundo jogador com mais mundiais pela seleção portuguesa: foi chamado pela quarta vez, após presenças em 2010, 2014 e 2018, totalizando oito jogos e um golo.

Aos 39 anos, Pepe, que é o mais velho entre os 26 convocados por Fernando Santos e o segundo mais internacional deste lote (128 partidas), apenas atrás de Ronaldo (191), conta ainda com presenças nos europeus de 2008, 2012, 2016 e 2020, pelo que, em termos globais, esta será a oitava fase final do defesa luso-brasileiro.

O guarda-redes Rui Patrício e o médio William Carvalho – precisamente o terceiro e o quarto mais internacionais entre os eleitos, respetivamente com 104 e 75 jogos – seguem-se entre os mais experientes e viram confirmada a terceira chamada, depois de 2014 e 2018.

Por seu lado, Raphaël Guerreiro, Rúben Dias, Bernardo Silva, João Mário, Bruno Fernandes e André Silva vão para o seu segundo Mundial, após a presença na Rússia, em 2018.

Quanto aos 16 estreantes, destaque para o central António Silva, o mais jovem entre os eleitos (19 anos), pois nunca esteve em fases finais e é o único que nunca tinha sequer entrado numa convocatória da seleção ‘AA’.

Entre os restantes, também não contam qualquer internacionalização ‘AA’, apesar de já terem sido chamados anteriormente por Fernando Santos, o guarda-redes José Sá e o avançado Gonçalo Ramos.

Além deste trio, vão estar pela primeira vez na prova mais importante de seleções o guarda-redes Diogo Costa, os defesas Diogo Dalot, João Cancelo, Danilo Pereira e Nuno Mendes, os médios Palhinha, Rúben Neves, Matheus Nunes, Otávio e Vitinha, e os avançados João Félix, Rafael Leão e Ricardo Horta.

O Campeonato do Mundo realiza-se no Qatar, entre 20 de novembro e 18 de dezembro.

Portugal está integrado no Grupo H, juntamente com Uruguai, Gana e Coreia do Sul, de Paulo Bento, tendo estreia marcada na competição para 24 de novembro, diante dos ganeses, no Estádio 974, em Doha.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here