Recomendações de Teatro (20 a 26 de maio de 2016)

0
714

Ommyra Moreno Suárez

Cruz de Mayo

Trata-se de uma montagem dirigida por Oewald Maccio, baseada no texto de Lupe Gehrenbeck. As funções serão apresentadas na Sala Experimental do Centro Cultural BOD, em La Castellana, até ao dia 24 de julho. «É um trabalho sobre como um movimento num local que origina outro. Como as coincidências, ocorrem em três planos que ocorrem paralelamente. É um texto com muita retórica, muita palavra e discurso, no qual está sempre claro de que se fala. E, por trás, está a figura da mãe, o quando ela é fundamental, mesmo que não esteja presente fisicamente», disse Maccio.

Porque é maio e os filhos são a cruz das suas mães, os personagens começam a se relacionar. Porque a mãe é tudo e é para sempre, as conversas se diluem nela. E assim revelam-se as intenções, segredos e vazios que subjazem neste dia festivo. Zuleima, deprimida, quer suicidar-se e levar com ela os seus gatos. Pessimista, fala da maternidade e do amor, sobre os relacionamentos a dois, o corpo e como começa a desbotar-se o batom para lá das margens da boca feminina. Ainda jovem, Esperança não tem voz; perdeu-a ou nunca a quis mostrar. Estas são as cruzes que carrega às costas. E, para Gilberto e Ismael, acompanhado de PerrotE, as mães, que são mais santas, condicionaram parte dos seus destinos.


Eis o homem

COL TEATRO HE AQUI EL HOMBREEscrita pelo uruguaio Gustavo Lista, esta montagem conta com as atuações de Rafael Romero, que também se estreia com Luis Gerónimo Abreu, Adrián Delgado, Augusto Nitti e Richard Clark, que partilham as interpretações dos quatro trabalhadores desta fábrica: Curbelo, Pelayo, Berzio e Tomba. Trata-se de uma tragicomédia que se desenrola numa fábrica de enchidos onde a notícia do despido de um dos trabalhadores desata as mais dramáticas e inesperadas reações. “Eis aqui o Homem” estará na Sala do PH do Centro Cultural BOD desde o dia 6 de maio até ao dia 24 de julho, às sextas-feiras e sábados às 10h00 e aos domingos às 19h00. As entradas podem ser adquiridas na bilheteira ou através de ticketmundo.com.


Terapia de choque

COL TEATRO TERAPIA DE CHOQUEA realidade de muitos estará recheada de “boa vibração” e humor inteligente, na argumentativa comédia teatral Terapia de Choque do género Café Concert, onde se reúnem reconhecidas figuras do mundo artístico, como Carmen Alicia Lara, Rolando Padilla, Arturo de Los Ríos, Laureano Olivarez , César Román, Ricky Pernia, Manolo de Freitas, Giancarlo Pasqualotto, Alexander Leterni, Guillermo Suarez, Carlos Moreno e Ignacio Marchena, para contracenar amena e de forma próxima com o público, cúmplice principal do desenvolvimento da peça. Terapia de Choque desenha as situações que ocorrem «uma vez por semana, à hora da missa, no local de sempre», sendo que reúne quatro amigos que procuram incansavelmente uma forma para solucionar os seus problemas sentimentais. Após conversas e desabafos, chegam a acordo para fazer “Terapias Grupais” com um toque “espiritual”, onde cada um deverá confrontar as suas respetivas mulheres encarnadas por eles próprios, deixando sair tudo o que nunca se atreveram a dizer-lhes. Deste confronto, surgem as situações mais divertidas e o público será testemunha e encobridor de muitas intimidades, junto da coscuvilheira e pitoresca senhora da manutenção, que porá o toque musical ao Café Concert com os mais apropriado temas e o seu inusitado talento para cantar.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here