Recomendações de Teatro

29 de Outubro a 4 de Novembro

0
736

‘O Crédito’
O Teatro Trasnocho continua a acolher uma das comédias mais bem sucedidas em Madrid, Buenos Aires, México, Barcelona e Paris, até 13 de Dezembro. Basilio Álvarez e Antonio Delli sobem juntos aos palcos do Teatro Trasnocho para apresentar ‘El crédito’ (‘O Crédito’), uma das melhores obras de comédia montadas na Venezuela em 2015. Dois dos actores com maior trajectória e reconhecimento no país interpretam um texto de Jordi Galcerán no qual um cliente vai pedir um crédito e o gerente do banco – que parece ter o domínio de tudo – nega-o, de uma forma humilhante e prepotente. A partir desse momento, o cliente procurará todas as formas para convencê-lo que lhe deve dar o crédito, até conseguir que o gerente se torne inseguro perante tais invenções. O fio condutor? Uma hora e meia de risos para os espectadores. As sessões são no Teatro Trasnocho, do Trasnocho Cultural, no centro comercial Paseo Las Mercedes, às sextas às 9:00 pm e aos sábados e domingos às 8:00 pm. As entradas custam 600 bolívares e estão à venda em www.ticketmundo.com.


clk2jkowgaawpn7‘Decamerón, o paraíso erótico de Boccacccio’
O Teatro Trasnocho Cultural é o palco para a obra ‘Decamerón, o paraíso erótico de Boccacccio’, numa adaptação de Ricardo Nortier, que se apresenta até 11 de Dezembro. Com um estilo narrativo que mistura a comédia com a crua realidade, o director brasileiro apresenta-nos um texto marcado pelo desespero da crise medieval trazido ao mundo contemporâneo e que submerge o espectador em dois cenários: O paraíso de Boccaccio e o inferno de Dante. Dez jovens decidem escapar da realidade, fugir da morte, da fome e do caos da cidade através de um paraíso imaginário de prazer, música, dança e alegria, levando a uma pergunta: Devemos enfrentar uma triste realidade ou escapar-nos para o mundo do prazer e da luxúria? A peça de teatro, produzida pela Circuito Arte Cénica e La Caja de Fósforos, conta com as representações de Carolina Torres, Carlos Arraiz, Pastor Oviedo, Melissa Inojosa, Antonio Ruiz, Darwin Barroeta, Amneris Treco, Anthony Castillo, Evelia Di Gennaro e Yeniffer Ibarra. As sessões são às sextas e sábados às 7:00 pm e domingos às 6:00 pm. As entradas têm um custo de 600 bolívares e estão à venda nas bilheteiras do teatro e através de www.ticketmundo.com.


Menguada la hora Festival de Occidente (3)‘Menguada, la hora’
TodoProducciones, C.A. e o Teatro Santa Fe apresentam até 8 de Novembro a peça ‘Menguada, la hora’, original de Cesar Eduardo Rojas. Trata-se de um belo reflexo da realidade da Venezuela de início do século XX, escrita originalmente pelo reconhecido novelista Rómulo Gallegos. Nesta obra, a solidão, a honra, a maternidade, a inveja, a traição, a esperança e os conflitos gerados pela moral e os bons costumes de uma época hipócrita da nossa história jogam um papel fundamental. Nela também se expõe um ensinamento no qual observamos como as regras e as leis criadas para defender e tornar mais justas as condições de vida do homem e da colectividade, ao serem levadas à sua lógica extrema sem nenhum rasgo de humanidade, podem converter-se em terríveis armadilhas que prejudicam o mesmo homem que as criou, submetendo-o à solidão. Conta com as representações de Neo Rodríguez e Rocío Mallo. Estará em cartaz no Teatro Santa Fe aos sábados às 7pm e domingos às 6pm. As entradas custam Bs. 600 e podem ser adquiridas em www.ticketmundo.com ou nas bilheteiras do teatro.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here