Rui Abreu destaca papel das Casas da Madeira no Continente

Para além da promoção da cultura madeirense, as Casas apoiam estudantes e pessoas que realizam tratamentos médicos fora da RAM

0
41

O diretor regional das Comunidades e Cooperação Externa, Rui Abreu, destacou esta quarta-feira o “papel” que as Casas da Madeira no continente e nos Açores desempenham na promoção da cultura madeirense, e no apoio daqueles que estão fora da Região.

“Estas instituições são veículos de promoção e divulgação do património cultural madeirense nas Regiões onde estão presentes: seja nos Açores, em Coimbra ou no Norte”, disse Rui Abreu, sublinhando que as Casas para além de desenvolverem várias atividades culturais e de divulgação do destino Madeira, também prestam um “apoio importantíssimo à comunidade madeirense”.

Rui Abreu falava no final de uma reunião mantida com o responsável pela Casa da Madeira em Coimbra, onde iniciou aquela que é a sua primeira visita oficial às Casas da Madeira em Coimbra e no Norte.

“A Casa da Madeira de Coimbra, por exemplo, para além de conceder apoio aos estudantes madeirenses, ao abrigo Serviço de Procuradoria, também apoia os doentes madeirenses que se deslocam a esta Cidade para a realização de tratamentos médicos, através do Serviço de Apoio ao Doente”, enalteceu. “E ainda há uma funcionária para o acompanhamento dos doentes, paga pela Casa da Madeira em Coimbra, fruto de um protocolo com o SESARAM”, informou.

Estes serviços são, na opinião de Rui Abreu, de grande importância no apoio dos madeirenses, sejam os jovens estudantes, sejam as pessoas que precisam de fazer tratamentos médicos fora da Região.

“É por tudo isto que a DRCCE, a entidade governamental que tutela as Casas da Madeira em território nacional, vai continuar a estabelecer contratos-programa com todas as Casas para financiar as atividades que desenvolvem fora da Região”, garantiu o governante.

Por outro lado, Rui Abreu entende que é de toda a relevância “visitar as Casas da Madeira, promovendo uma maior proximidade com estas Regiões onde vivem tantos madeirenses” e também “para se inteirar acerca das necessidades e expectativas destas associações”.

Recorde-se que, em novembro de 2020, Rui Abreu esteve na ilha de São Miguel, para assinalar as obras de remodelação da Casa da Madeira nos Açores. Passados dois anos, após o fim das restrições da pandemia, o responsável pelas Comunidades, visitou esta quarta-feira a Casa da Madeira em Coimbra, e na quinta-feira será a vez da Casa da Madeira no Norte.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here