Sabia que… ?

As coisas que não sabe sobre você mesmo

0
686

Quando lhe dizem que há coisas que possivelmente não conhece em você mesmo, isso poderá parecer-lhe insólito e impossível de acreditar, mas o certo é que centenas de cientistas dedicaram-se a estudar essas coisas que ninguém considera importantes, mas que podem mudar a vida de qualquer pessoa.

Sabia, por exemplo, que não pode comer e respirar ao mesmo tempo? Sugerimos que não faça a tentativa, porque pode afogar-se, ou como dizemos na Venezuela, a saliva poder ir pelo caminho velho.

Mas para além disso, um grupo de cientistas determinou que, se tem um telefone inteligente, é provável que seja muito mais feliz do que quando tinha um Blackberry, e é mais feliz do que as pessoas que ainda usam esta tecnologia.

Também se calhar não sabia que, se gosta de gelado e come uma colher cheia desta deliciosa sobremesa, a área do prazer no cérebro é tão estimulada como se ganhasse a lotaria, da mesma forma que acontece quando ouve a canção de que tanto gosta.

Outro dos estudos feitos recentemente revela que as pessoas quando andam usam mais de metade do seu tempo a sonhar acordados, por isso é que é um exercício tão relaxante.

O aperto de mãos que utilizamos para saudar os outros foi originalmente considerado um sinal de paz e para demonstrar que nenhuma das partes transportava armas. O propósito do aperto de mãos é demonstrar boas intenções, pelo que é considerado inapropriado recusar um aperto de mãos.

Quem não recorda os seus primeiros anos de vida? Provavelmente recorda algumas coisas, mas a razão por que nos custa recordar aquela época tem a ver com os elevados níveis de produção de neurónios durante esse tempo.

Um outro estudo demonstrou que as mulheres mentem tanto como os homens, mas com propósitos diferentes. Os homens fazem-no para melhorar os seus atributos, enquanto as mulheres fazem-no para fazer com que os outros se sintam bem.

Por último, é importante que saiba que é mais provável que uma pessoa faça algo por si se lhe tocar no antebraço e lhe falar ao ouvido direito.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here