“Se São João tiver, São João dá”

As fogueiras, os rituais e a festa ao som dos tambores acompanham esta centenária tradição do único santo que se celebra no dia do seu nascimento

0
767

Sergio Ferreira Soares

Ommyra Moreno

Todos os anos, a 24 de Junho, celebra-se uma das maiores festas do catolicismo, a festa de São João Baptista, uma tradição que com o passar dos anos ganhou força e diferentes rumos.

Crentes e festeiros saem para as ruas para se juntarem nas diferentes festas, que vão desde celebrações religiosas até festas que terminam ao nascer do sol. E assim a noite de São João transformou-se numa tradição para partilhar com amigos e familiares, não apenas na Venezuela, onde os tambores se fazem ouvir na costa, mas também em Espanha e Portugal, em que cada sociedade deu o seu toque para fazer a própria tradição.

San JuanCentenas de pessoas juntaram-se a partir das seis da tarde de 23 de Junho no Centro Português de Caracas para celebrar o Dia de São João. A festa iniciou-se com uma cerimónia litúrgica e a habitual procissão com a figura do santo sobre os ombros dos paroquianos, entre eles o presidente do clube, Gil Enio Andrade. A noite foi animada pela Banda Recreativa Madeirense, Grupo Folklórico Os Lusíadas, Magia Lusitana, Grupo Folklórico Danças e Cantares CP, Sardinas de Naiguatá e Jorge Spiteri e a sua orquestra “Los Buitres”. Os presentes foram convidados a subir ao palco para realizar o tradicional salto à fogueira e a dançar com as quadrilhas de dança, que luziam os vistosos trajes típicos de Portugal. No meio da música e ambiente de alegria, familiares e amigos puderam degustar espetadas, bolos do caco, doces e as frescas sardinhas trazidas directamente de Portugal para a ocasião. Por seu lado, os jovens celebraram o dia de São João à sua maneira no Salão Nobre onde se dispôs os ‘display’ Alex Nunes, Jorge Salazar e Maskara.

O Centro Marítimo da Venezuela, localizado em Turumo, Estado Miranda, realizou festa em honra de São João, na passada sexta-feira 24 de junho, a partir das 12h00, nas instalações do clube. Durante o encontro, foram dispostos quiosques de venda de comida, nas quais ofereceram diferentes especialidades de gastronomia típica, acompanhada de bebidas portuguesas. O evento contou com a apresentação especial de grupos folclóricos e conjuntos musicais.

Em Valencia, Estado de Carabobo, o Centro Social Madeirense comemorou a Grande Noite de São João, sob a premissa “Vem saltar a fogueira”, na passada sexta-feira 24 de junho. A festa começou com uma missa em honra a São João a partir das 19h30. De seguida, os paroquianos juntaram-se nas redondezas da capela para iniciar a procissão nas imediações do clube. A jornada culminou com uma grande festa no Salão Madeira, onde foram apresentados vários grupos folclóricos, grupos de tambores e músicas ao vivo.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here