Single “Sinfonietta Kids” de Jorge Ferraz já disponível

Jorge Ferraz, músico e compositor português de vanguarda, edita no próximo dia 9 de abril o seu mais recente single Sinfonietta Kids, um primeiro avanço para o álbum Colonial Wars a sair no início de maio.

Sobre este single Sinfonietta Kids, Jorge Ferraz diz-nos que é «uma espécie de epopeia infantil feita de guitarras-noise reverberantes em diálogos esvoaçantes e com uma bateria esparsa sobressaltada por rápidos e densos breaks. É a banda sonora para um ataque de drones pestíferos e de borboletas estranhas numa futura qualquer guerra colonial».

Mas será que o que ouvimos neste Sinfonietta Kids representa aquilo que será o álbum Colonial Wars? Jorge Ferraz afirma que «Sinfonietta Kids representa um dos caminhos musicais por onde Colonial Wars segue. Aprofundando e depurando as vias do anterior Machines for Don Quixote … et… viva la muerte?, editado em 2018, este mais recente álbum traz também algumas inesperadas novas aventuras».

Sinfonietta Kids de Jorge Ferraz já está disponível em todas as plataformas digitais.

Guitarrista (embora trabalhe com variado equipamento eletrónico e digital, a guitarra e a guitartrónica são a sua grande obsessão), compositor e produtor, em atividade desde 1983. Fundou e liderou algumas bandas portuguesas underground com destaque para Santa Maria, Gasolina em Teu Ventre! (cujo primeiro disco foi considerado em 1998, num trabalho conjunto do Público e da FNAC, um dos melhores discos da música popular portuguesa de 1960 a 1997), Ezra Pound e a Loucura, ou Fatimah X. Em 2006 passou a trabalhar em nome próprio, tendo publicado, desde então, três álbuns (em 2008, 2010 e 2018). Edita agora em formato digital e como edição de autor o seu quarto álbum em nome próprio.

Em 2014, no número comemorativo dos 30 anos da revista Blitz, foi considerado um dos melhores 30 guitarristas portugueses dos últimos 30 anos.

Foi ainda cofundador da efémera banda João Peste & o Acidoxibordel que reuniu, entre outros, músicos dos Pop Dell’Arte e dos Santa Maria, Gasolina em Teu Ventre!, bem como o saxofonista Rodrigo Amado.

Foi produtor dos seus discos a solo e da maioria das edições das bandas que integrou. Foi ainda co-produtor do EP “So Goodnight” dos Pop Dell’Arte (editado em 2002)) e produtor do álbum “You’re Not Human Tonight” dos The Great Lesbian Show (editado em 2008).

Publicou também poesia e ensaio em revistas como “Vértice” “Bumerangue”, bem como um livro de contos, “Telescópio Quebrado Scanner Descontínuo” na Black Sun Editores.

Ferraz é ainda doutorado em Sociologia e publicou, nesse contexto, alguns textos científicos versando principalmente as problemáticas da ideologia, globalização, direitos humanos, interculturalidade e turismo nas sociedades contemporâneas.

Desde 2013 que é igualmente membro fundador do colectivo de criadores Cellarius Noisy, espaço de colaboração e entreajuda entre vários artistas out of the grid / out of sight das áreas da música, das artes visuais e do multimédia. Alguns dos membros deste colectivo estão também envolvidos na criação da componente visual dos concertos de Jorge Ferraz.