Surge a Aliança para o Empoderamento de Mulheres Portugueses

A nova associação encabeçada por três luso-americanas tem a missão de unir e conectar mulheres rumo a liderança

0
277

O Conselho de Liderança Luso-Americano (Palcus) lançou ontem durante a sua conferência nacional virtual uma plataforma chamada Aliança para o Empoderamento de Mulheres Portugueses (Pawea, pelas suas siglas em inglês), que vai ser um grupo de ‘networking’ para mulheres portuguesas, para que se ajudem em negócios, arte, marketing, qualquer que seja a indústria», afirmou Angela Simões, a ‘chair’ do conselho.

«É algo que não existiu até aqui. Têm havido iniciativas gerais mas não havia uma especificamente para mulheres portuguesas», disse Simões.

A organização está liderada por tres luso-americanas com a visão de criar uma rede global que una mulheres igualmente com laços a ambos os países, partilhando as suas experiências, e promovendo e inspirando para o seu desenvolvimento e progresso, baixo o lema de «somos melhores quando trabalhamos juntas».

A ideia da aliança surgiu quando Janet Morais, fundadora da marca de decoração de luxo Koket e da revista de lifestyle e empoderamento das mulheres Love Happens, disse a sua amiga de longa data Angela Costa Simões, presidente do Conselho de Administração da Palcus, sobre o seu desejo de empoderar jovens mulheres para alcançarem a imensidão do seu potencial, as ideias começaram a fluir. Angela conhecia a adição perfeita a sua equipa, Carolina Rendeiro, Ceo da Connect2Global e Cônsul Honorária de Portugal em Miami, e foi assim que as tres mulheres luso-americanas uniram as suas forças e nasceu a Pawea.

Esta plataforma funciona como uma associação, as candidatas a membras deverão ser luso-descendentes ou ter algum vínculo a Portugal (através do casamento, da sua família, experiência de vida, etc) e terão acesso a dois tipos de associado: estudantes e profissionais. Os seus membros integrarão uma lista e serão apresentados a toda a rede pela organização.

A Pawea promoverá ativamente os associados, através das suas plataformas digitais, não só quando passam a integrar a associação, mas durante o seu percurso académico ou profissional. Os membros terão ainda acesso privilegiado a ofertas de emprego, estágios, programas de orientação de outros membros e especialistas de cada indústria.

A Palcus é uma organização não-partidária e sem fins lucrativos, fundada em 1991 por um grupo de luso-americanos visionários e de sucesso com o propósito de dar uma voz nacional singular que defenda e promova o avanço da comunidade luso-americana a nível económico, profissional, cultural e político.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here