Talento luso vibra nas últimas duas sessões de ‘El Feo’

A peça dirigida por Juan José Martin chega ao fim da temporada no Trasnocho

0
721

Foi um êxito a temporada de ‘El Feo’ no Trasnocho Cultural: Uma peça representada em diversos palcos internacionais e que chegou pela primeira vez à Venezuela protagonizada por Antonio Delli e dirigida por Juan José Martín. Este fim-de-semana, de 28 a 30 de Agosto, a obra alcança o fim de ciclo, com casa quase sempre cheia em todas as sessões.

EL-FEO-volante-electrónico-DEFINITIVO-1-720x1184A peça do alemão Marius von Mayenburg é uma comédia que combina o humor negro com situações absurdas para contar-nos a história de Lette, um brilhante engenheiro de sistemas eléctricos de segurança que faz uma horrível descoberta: Tudo parece indicar que é indescritivelmente feio.

Porque ninguém lhe tinha dito até agora? Porquê que é o seu chefe que tem de dizer-lhe? Para cúmulo, a esposa de Lette confessa-lhe que a sua cara sempre lhe pareceu “catastrófica”, mas que apesar disso ama-o. Perante esta notícia, Lette decide fazer uma intervenção cirúrgica correctiva. O que ele não suspeita é que esse será o início de um imparável processo de auto-alienação, carregado de equívocos sexuais e situações laborais disparatadas.

Através de uma sátira mordaz, a peça conduz-nos pela terrível transformação de Lette rumo à perda da sua identidade. O êxito e a fama chegam rápido, mas o preço é deixar de ser ele mesmo e tornar-se num cliché da sociedade.

A aparência física é sinónimo de êxito? Numa sociedade como a nossa, o aspecto é mais importante do que a inteligência ou a qualidade humana? Podemos realmente avançar na vida sem cumprir os cânones da beleza estabelecidos?

Estas e outras interrogações são colocadas na comédia negra, que também conta com as actuações dos luso-descendentes Ana Melo e Javier Figueira. O vestuário está a cargo de Freddy Mendoza, a iluminação de Gerónimo Reyes e o design gráfico é de Ana Melo e Juan José Martín. A cenografia é de Héctor Becerra e Juan José Martín. A produção está a cargo de Adriana Issa e Yesenia Camacho. A direcção geral é de Juan José Martín. O espectáculo conta com o apoio do Goethe Institut Caracas.

Sessões esta sexta-feira às 5:00 pm; sábado e domingo às 4:00 pm. Entradas Bs. 350,00, à venda em www.ticketmundo.com e nas bilheteiras do teatro.

Artículo anteriorCrianças do CP pode desfrutar do filme ‘Monsters High’
Artículo siguienteCeramista venezuelana não deixa morrer bonecos de massa
Editor - Jefe de Redacción / Periodista sferreira@correiodevenezuela.com Egresado de la Universidad Católica Andrés Bello como Licenciado en Comunicación Social, mención periodismo, con mención honorífica Cum Laude. Inició su formación profesional como redactor de las publicaciones digitales “Factum” y “Business & Management”, además de ser colaborador para la revista “Bowling al día” y el diario El Nacional. Forma parte del equipo del CORREIO da Venezuela desde el año 2009, desempeñándose como periodista, editor, jefe de redacción y coordinador general. El trabajo en nuestro medio lo ha alternado con cursos en Community Management, lo que le ha permitido llevar las cuentas de diferentes empresas. En el año 2012 debutó como diseñador de joyas con su marca Pistacho's Accesorios y un año más tarde creó la Fundación Manos de Esperanza, en pro de la lucha contra el cáncer infantil en Venezuela. En 2013 fungió como director de Comunicaciones del Premio Torbellino Flamenco. Actualmente, además de ser el Editor de nuestro medio y corresponsal del Diário de Notícias da Madeira, también funge como el encargado de las Comunicaciones Culturales de la Asociación Civil Centro Portugués.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here