Três lusos mortos em crime passional

As três vítimas mortais tinham entre 40 e 50 anos e foram encontradas na estação de comboios de Wilderswil

0
774

Os três mortos encontrados ontem na estação de comboios de Wilderswil, na Suíça, são todos portugueses, disse à Lusa o coordenador local do Conselho das Comunidades Portuguesas, Manuel Beja.

“Está confirmado que são portugueses”, disse, acrescentando que as três vítimas mortais tinham entre 40 e 50 anos.

O conselheiro disse não estar ainda em condições de indicar a identidade e naturalidade das vítimas. Segundo as primeiras informações, precisou, tratou-se de um crime passional, envolvendo um casal separado e o novo companheiro da mulher.

Segundo o jornal Tages Anzeiger, o casal estava separado há vários anos e a mulher terá voltado a casar há cerca de dois meses. Uma conhecida da mulher citada pelo jornal disse que esta estaria a ser ameaçada há algum tempo pelo ex-marido.

O casal deixa três filhos, com idades entre os sete e os 18 anos, precisou Manuel Beja. Três cadáveres foram encontrados perto de uma estação de comboios em Berna, na Suíça, depois de um tiroteio em Wilderswil, informou a polícia local.

Um porta-voz da polícia disse que as autoridades foram alertadas às 7h00 (6h00 na Madeira) de que estavam cadáveres na zona daquela estação de comboios, mas não adiantou mais pormenores.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here