Venezuela vive um período de maior estabilidade

0
76

12.ª edição da Festa Luso-Venezuelana arranca com a conferência ‘Venezuela e Ribeira Brava: Separados pelo oceano, unidos pelo coração’

A Venezuela vive um período de maior estabilidade ao nível político, social e económico, destacou esta sexta-feira, 11 de Agosto, o Conselheiro da Diáspora Madeirense, Aleixo Vieira.

Na conferência ‘Venezuela e Ribeira Brava: Separados pelo oceano, unidos pelo coração’, que decorre na Escola Básica e Secundária Padre Manuel Álvares, na Ribeira Brava, no âmbito da 12.ª edição da Festa Luso-Venezuelana, o fundador do Correio da Venezuela apontou que a Venezuela é actualmente o país «mais estável» ao nível político da América Latina, lembrando também a diminuição da insegurança.

A economia mais ‘dolarizada’ (uso do dólar como moeda) trouxe mais «estabilidade», frisou Aleixo Vieira.

O autarca Ricardo Nascimento, o empresário madeirense Anaclet Teixeira, o jornalista coordenador das Comunidades no DIÁRIO, Victor Hugo Borrageiro, e a cônsul-geral da Venezuela, Carol Delgado, são também oradores nesta iniciativa que conta com a moderação de Ricardo Miguel Oliveira.

Os participantes partilharam, igualmente, que há mais estabilidade na Venezuela atualmente.

Ricardo Nascimento salientou o sentimento de maior segurança, testemunhado pelos emigrantes madeirenses na Venezuela.

O jornalista do DIÁRIO Victor Hugo afirmou que «há um sentimento de uma nova esperança na Venezuela», frisando, contudo, que tal «não significa que esteja tudo bem», dando conta de que existem «duas realidades» no País.

Há a Venezuela com uma crise social profunda e há a Venezuela de pessoas de sucesso, de emigrantes que muito contribuíram para a evolução do país.

O coordenador do projecto ‘Comunidades’ do matutino madeirense enalteceu o papel dos emigrantes portugueses, na sua maioria madeirenses, para o desenvolvimento da Venezuela.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here