Zdenek Chovanec: O jovem piloto que leva as bandeiras de Portugal e da Venezuela aos palcos da F1

Nasceu na Venezuela, viveu na República Checa, mas está desde 2018 em Portugal. Chegou recentemente à Fórmula 3, escolheu correr com licença portuguesa e no futuro pretende continuar com as cores lusas na competição.

0
29

Ruben Valente

Para os mais desatentos, o Campeonato do Mundo de Fórmula 3 da FIA, que acompanha alguns fins de semana do Mundial de Fórmula 1, voltou a ter um piloto a representar Portugal. Zdenek Chovanec assinou pela Charouz Racing System e estreou-se na F3 no difícil Grande Prémio da Bélgica, em Spa-Francorchamps.

A muita chuva que caiu durante todo o fim de semana, e que inclusive impossibilitou que houvesse corrida na Fórmula 1, dificultou a estreia de Chovanec, que escolheu correr com licença portuguesa numa das antecâmaras da F1: O Mundial de Fórmula 3.

Nascido em Puerto la Cruz, na Venezuela, o jovem piloto de 16 anos viveu em Praga, República Checa, e em 2017, depois de a família passar férias em Portugal, mudou-se de malas e bagagens para solo lusitano. Em exclusivo ao Desporto ao Minuto, Zdenek Chovanec fala da vinda para Portugal, antes de contar as primeiras impressões na Fórmula 3.

«Vim de férias em 2017, andei de kart aqui, em Matosinhos, e nós gostámos muito do país. Foi onde tudo começou. Em 2018 fiz a minha primeira corrida de karts, com 14 anos, e correu bem. À chuva fiz um pódio, fiquei em terceiro», recordou o agora piloto da Charouz Racing System.

Como foi então a estreia na Fórmula 3?

Zdenek não teve a melhor das sortes, digamos assim. Spa-Francorchamps é um circuito exigente para quem o conhece, e ainda mais para quem não o conhece, como era o caso. Se adicionarmos a muita chuva e a pouca visibilidade, a dificuldade não podia ser maior. No entanto, a estreia foi positiva, nas palavras do próprio.

«A primeira vez no carro, a primeira vez que andei em Spa… Acho que foi bom. Os tempos que fiz foram idênticos aos do top10, mas cometi alguns erros. Acontece, mas acho que foi uma boa experiência. Gostei bastante do carro, acho que me adaptei rápido. Se estivesse piso seco, acho que iria estar mais perto do topo», frisou Chovanec, que foi 26.º, 23.º e 24.º nas três corridas disputadas em solo belga.

A chegada à Fórmula 3

O sonho do automobilismo começou em Portugal e a ascensão foi rápida. Do karting, à Fórmula 4 dos Emirados Árabes Unidos, passando pelo Open Euroformula, até chegar agora à Fórmula 3. Tudo foi um ‘saltinho’ e a entrada num dos maiores palcos do automobilismo jovem aconteceu a meio da época. Chovanec, que escolheu correr com as cores de Portugal, foi um dos escolhidos pela equipa checa para substituir os lugares deixados vagos por Enzo Fittipaldi e Reshad de Gerus.

«O Euroformula Open foi uma prova em que entrei para me adaptar. Entrei na FIA Formula 3 depois de a Charouz Racing System me ligar. Eu já conhecia a equipa, já tinha ido a algumas provas com eles, e aceitei o convite», conta-nos Chovanec.

O futuro… com as cores portuguesas

Ainda sem nacionalidade portuguesa, Zdenek Chovanec não tem dúvidas e respondeu de forma perentória quando questionado se tenciona fazer toda a sua carreira com a bandeira lusa.

«Sim! Vou continuar a correr com a bandeira portuguesa. Foi em Portugal que comecei e quero continuar a representar o país», sublinhou, deixando ainda a certeza que não quer dar um passo maior do que a perna num futuro próximo.

«Por agora vou continuar nos campeonatos da FIA, talvez vá fazer um teste de Fórmula 2. Este ano é de aprendizagem e não tenho muitas expectativas. Quanto ao futuro, vamos ver… Tive oportunidades de correr na Fórmula 2, mas disse que não. Ainda não estou preparado e prefiro chegar lá com ritmo. É preferível ser meio desconhecido agora e só depois começar mesmo a ‘aquecer’. O importante é aprender o máximo este ano», concluiu.

Zdenek Chovanec tem já este fim de semana uma nova prova em Zandvoordt, no Grande Prémio dos Países Baixos, e termina a temporada no fim de semana de 22 a 24 de outubro em Austin, no Grande Prémio dos Estados Unidos da América.

O Campeonato do Mundo de Fórmula 3, recorde-se, tem transmissão na Eleven Sports 3.

Dejar respuesta

Please enter your comment!
Please enter your name here